Valesca Popozuda é chamada de ‘grande pensadora’ em prova

|

VALESKAUma prova de Filosofia gerou polêmica nas redes sociais esta semana ao citar a cantora Valesca Popozuda como “grande pensadora contemporânea” e seu hit Beijinho no Ombro. A questão, aplicada a alunos do Centro de Ensino Médio 3 de Taguatinga, no Distrito Federal, foi reproduzida e duramente criticada em páginas da internet.

 


Tudo sobre concursos públicos: 
Siga no Twitter: https://twitter.com/GabaritoFinal
Curta no Face: https://www.facebook.com/GabaritoFinal.Concursos

Segundo a grande pensadora contemporânea Walesca (sic) Popozuda, se bater de frente”, diz a pergunta. Entre as alternativas, o aluno deve escolher entre “É só tiro, porrada e bomba”, “É só beijinho no ombro”, “É recalque” ou “É vida longa”.

Conheça o MAIOR e MELHOR grupo de estudos da internet (mais de 135.000 membros inscritos): https://www.facebook.com/groups/gabaritofinal/

O Estadão

A questão perguntava: “Segundo a grande pensadora contemporânea Valesca Popozuda, se bater de frente é: A – tiro, porrada e bomba; B – é só beijinho no ombro; C – recalque;  D – é vida longa”. Ela foi elaborada pelo professor Antônio Kubitschek, que leciona Filosofia há 19 anos.

Segundo o educador, a questão foi elaborada de forma irônica para chamar a atenção dos alunos e da própria imprensa para a construção de valores na sociedade atual. O tema, inclusive, já havia sido discutido em aula outras vezes. “A prova foi uma provocação. Recebemos várias críticas e muitas pessoas nem sabem o conteúdo da prova. Colocaram (a Valesca) como um ser que não é pensante, só porque é mulher e funkeira. Se fosse o Mano Brown ou o Gabriel, o Pensador, não teria dado esta polêmica”, reclama.http://bit.ly/Oyk8ak

O professor conta que a questão passou pela coordenação do centro educacional e foi aprovada antes de ser impressa. Os alunos também não contestaram o método de avaliação. “Eles riram, entenderam a provocação e fizeram a prova normalmente”, explica Kubitschek, que ainda não corrigiu o exame, mas acredita que 80% acertaram a resposta.

Quer dicas de português? Curta a página Palavra Certa e aprenda se divertindo com dicas diárias e bem humoradas sobre os principais assuntos da Língua Portuguesa, cobrados nos concursos públicos: http://on.fb.me/17dfvWb

A repercussão foi tanta que o professor não conseguiu dar aula nesta manhã por causa do assédio de jornalistas e pessoas que viram a postagem. A própria Valesca Popozuda chegou a comentar sobre o assunto nas redes sociais. Pelo Facebook, ela disse que se sentiu honrada pela homenagem e reclamou das críticas, as quais ela culpa o preconceito à música funk. “Ela entrou bem na discussão e entendeu a polêmica que quisemos gerar. Foi positivo por levantar uma discussão dos valores na sociedade”, conta o professor.

No Facebook, Valesca Popozuda disse que se sentiu honrada com questão. “Se fosse um trecho de qualquer música de MPB ou qualquer música americana que tanto é valorizada por nós, será que fariam a mesma polêmica?”, escreveu a cantora. Fonte: O Estadão - http://bit.ly/1qgyCtH

-----------

Exame: Valesca, grande pensadora? Não é brincadeira, diz professor

Após causar polêmica ao basear uma questão de prova na música "Beijinho no ombro", professor de filosofia do DF diz que repercussão negativa é fruto de preconceito

São Paulo – Mesmo após a polêmica criada ao utilizar uma música da cantora Valesca Popozuda numa prova de filosofia aplicada a alunos do ensino médio em Taguatinga, Distrito Federal, o professor Antonio Kubitschek afirma que não foi irônico: Valesca é sim uma "grande pensadora contemporânea".

Em entrevista à rádio Band News FM, o docente explicou os motivos de ter usado a letra do famoso funk na avaliação de seus alunos de uma escola pública, o que provocou a revolta de alguns pais e foi amplamente repercutido nas redes sociais.

“Se eu tivesse colocado Chico Buarque como grande pensador contemporâneo, não teria causado polêmica nenhuma”, disse Kubitschek à rádio.

“A partir do momento em que a Valesca faz uma música tão repercutida a ponto de a expressão ‘beijinho no ombro’ ser usada até pela mídia, ela está passando um conceito. Se considerarmos uma tendência filosófica que diz que todo mundo pode ser um pensador, desde que consiga criar um conceito, eu acho que a Valesca é sim uma pensadora”, completa.

A questão de múltipla escolha, responsável pela controvérsia, pedia para que os alunos respondessem à seguinte pergunta: “Segundo a grande pensadora contemporânea Valesca Popozuda, se bater de frente:”

As alternativas eram: “a) É só tiro, porrada e bomba (resposta correta); b) É só beijinho no ombro; c) É recalque; d) É vida longa”.

VALESKA

Segundo o professor, a pergunta não foi aleatória, pois o tema já havia sido discutido em sala de aula.

Além disso, Kubitschek afirma se tratar de uma questão de interpretação de texto, em que não seria necessário o conhecimento prévio da letra da música para se chegar à resposta correta.

A Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal ainda não se posicionou oficialmente sobre o episódio.

O que pensa a pensadora

Em seu perfil no Facebook, Valesca Popozuda se posicionou sobre o fato seguindo a mesma linha do que disse o professor na entrevista. Para ela, um dos motivos para a grande repercussão do fato é o preconceito sofrido pelo estilo musical.

“E se fosse MPB ou uma música americana, que tanto é valorizada por nós? Será que daria a mesma polêmica?”, questiona a cantora.

"Me espanta mesmo é todo mundo se preocupar com uma única questão da prova sem analisar os termos por trás disso tudo . E se o professor colocou a questão dentro do contexto da matéria? E se o professor quis ser irônico com o sucesso das músicas de hoje em dia?”, diz Valesca.

Em relação ao título de “pensadora”, a cantora afirmou que se sentiu “homenageada”, mas que vai ter que recusar, “porque é um titulo muito forte e eu ainda não me sinto pronta pra isso”.

Ao final do texto, Valesca ainda provoca: “Vou ali ler um Machado de Assis e ir treinando para quem sabe um dia conseguir ser uma pensadora de elite!”.

Fonte: Exame - http://abr.ai/1hXVZFL

Quer dicas de português?

Curta a página Palavra Certa e aprenda se divertindo com dicas diárias e bem humoradas sobre os principais assuntos da Língua Portuguesa, cobrados nos concursos públicos. Acesse aqui: http://on.fb.me/17dfvWb


ATUALIZE-SE!
Conheça o MAIOR e MELHOR grupo de estudos da internet (mais de 135.000 membros inscritos): https://www.facebook.com/groups/gabaritofinal/

Se você ainda não possui perfil no Facebook, ou não está utilizando essa fantástica ferramenta em prol dos seus estudos, está na hora de rever seus conceitos. Acesse essa postagem sobre os grupos de estudos no Facebook e veja o que estava perdendo: http://www.gabaritofinal.com.br/2013/07/estudo-em-grupo-veja-como-e-vantajoso.html

Avise aos seus amigos:
boto-twitter5 boto-facebook14 botão rss botao_orkut34

1 Comentário:

Clara Sol disse...

Olá Silvio. Boa tarde.
Nós devemos está “muito” órfão de cultura. Pois não é possível que uma letra de música fajuta seja usada como debate em textos. O que esta letra tem que é tão precisa para ser tema de estudo.
Estou pasma com a ignorância destes professores imbecis.
Sempre as ordens.
Abraços.
ClaraSol

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

==> NÃO DEIXE DE CONFERIR TAMBÉM:

.com
 
Paperblog diHITT - Notícias

©2011 GABARITO FINAL!!! |Todos os direitos reservados! ---- Visite: GRUPO CONCURSEIROS