Após passar em nove concursos, servidor se prepara para ser juiz do trabalho

|

passou em 7 concursosO sonho de ser aprovado em um concurso público parece inatingível para muitos. Mas nunca intimidou o maranhense Dionísio Coelho Costa Neto, que se mudou para Brasília em 2006 com um único propósito: ser servidor federal. Hoje, aos 32 anos ele é exemplo de superação para a família que deixou em São Luís (MA) e é recordista na classificação de concursos.

 


Tudo sobre concursos públicos: 
Siga no Twitter: https://twitter.com/GabaritoFinal
Curta no Face: https://www.facebook.com/GabaritoFinal.Concursos

Dionísio Coelho Costa Neto coleciona nove aprovações, três delas em primeiro lugar.  

Há dois anos, Dionísio atua como técnico judiciário desde que foi nomeado para o cargo no TST (Tribunal Superior do Trabalho). Mas para chegar onde está, ele percorreu uma longa jornada que é contada com muito orgulho. 

— Eu sou filho de uma família muito grande. Fui criado com seis irmãos e meus pais só podiam me fornecer o básico, comida e moradia. Por isso eu estudei em escola pública a vida inteira e quando terminei o curso técnico de desenhista industrial em São Luís do Maranhão, onde os salários são muito baixos, pensei logo em estudar para um concurso público. 

Conheça o MAIOR e MELHOR grupo de estudos da internet (mais de 111.000 membros inscritos): https://www.facebook.com/groups/gabaritofinal/

Sozinho, Dionísio começou sua saga pela estabilidade profissional e financeira. Mesmo sem recursos para pagar cursinhos preparatórios, ele se virava como podia para garantir uma apostila aqui ou uma impressão ali. Sem computador e impressora, ele contava com a ajuda dos amigos que tinham internet em casa. As horas vagas eram todas ocupadas com muita leitura e estudo. 

A primeira aprovação veio em 2002 para desenhista no município de Barrerinhas no Maranhão. Ele passou em primeiro lugar, mas junto com a felicidade da aprovação veio a frustração de não ser nomeado. Dificuldade que não o fez desanimar. http://bit.ly/17mMlVa

Ele tentou de novo e foi aprovado mais uma vez para o concurso da Infraero. E novamente não foi chamado para assumir o cargo. Dionísio lembra que na época não existia a obrigatoriedade de os aprovados em concurso público serem chamados dentro do número de vagas anunciadas no edital. Então ele resolveu arriscar. 

— Um primo meu que morava no Entorno do DF e é policial militar, havia me feito o convite de ir morar com ele e tentar algo em Brasília. Eu aceitei a ideia e saí de casa com uma mala com roupas velhas, R$ 50 no bolso e com a passagem paga por amigos. Mesmo muita gente dizendo que eu era louco em arriscar, eu fui em busca de uma vida melhor. 

Quando chegou na casa do primo em Santo Antônio do Descoberto (GO), Dionísio ganhou um colchão velho para dormir no chão e uma mesa que era usada para jogar dominó. Nela, o jovem quase subnutrido passava horas estudando de madrugada, após chegar do trabalho que conseguiu no centro de Brasília com o salário de R$ 600.  

A redação tem derrubado muitos candidatos na reta final. Conheça o CLUBE da REDAÇÃO e concorra a correções de redação grátis  feitas por especialistas: http://bit.ly/19uFGMF

Não demorou muito e a primeira recompensa pelo esforço veio com a aprovação para o cargo de técnico de engenharia da Eletronorte (Centrais Elétricas do Norte do Brasil S.A).  Desde então, as coisas começaram a mudar para Dionísio.  

— Agora que eu tinha mais condições, aluguei uma quitinete no Guará e passei a viver mais a cidade. Porque antes eu só trabalhava e estudava. Meus amigos me chamavam de doido porque o tempo que eu tinha livre era dedicado ao estudo. Não tinha tempo para diversão. Então comecei a frequentar cinema, ir a shows, shopping, viver de verdade. 

A receita deu certo. No mesmo ano que foi aprovado na Eletronorte, Dionísio começou a faculdade de Comunicação Social e em 2008 foi chamado para assumir o cargo na Anvisa (Agência de Vigilância Sanitária). O salário aumentou e ele começou a sonhar mais alto. Sonhou tanto que realizou.  

Ele assumiu um cargo na ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres) e em 2011 foi nomeado a técnico judiciário no TST (Tribunal Superior do Trabalho) onde está até hoje. E se engana quem pensa que Dionísio parou de sonhar. 

— Hoje, a minha meta é assumir um cargo da alta administração pública. Estou me preparando para ser delegado federal e depois juiz do trabalho. Ano que vem já começo minha faculdade de Direito. Estou novo ainda, tenho certeza que vou chegar lá. 

Após conhecer a história de Dionísio Coelho Costa Neto fica difícil achar que ele não vai conseguir. E ele deixa um conselho para quem quer seguir carreira no funcionalismo público. 

— Perseverança.  Ou você insiste até conseguir ou desiste e fica no meio do caminho. Você não tem que estudar para passar. Você tem que estudar até passar. E depois que conseguir, faça a diferença. Continue estudando para oferecer um serviço público de boa qualidade, pois você estará fazendo parte da história do seu País. 

Fonte: R7

Quer DICAS de português?
Curta a página Palavra Certa e aprenda se divertindo com dicas diárias e bem humoradas sobre os principais assuntos da Língua Portuguesa, cobrados nos concursos públicos. Acesse aqui: http://on.fb.me/17dfvWb

h2_thumb31_thumb_thumb2_thumb6ATUALIZE-SE!
Se você ainda não possui perfil no Facebook, ou não está utilizando essa fantástica ferramenta em prol dos seus estudos, está na hora de rever seus conceitos. Acesse essa postagem sobre os grupos de estudos no Facebook e veja o que está perdendo: http://www.gabaritofinal.com.br/2013/07/estudo-em-grupo-veja-como-e-vantajoso.html

Conheça o MAIOR e MELHOR grupo de estudos da internet (mais de 111.000 membros inscritos): https://www.facebook.com/groups/gabaritofinal/

Avise aos seus amigos:
boto-twitter5 boto-facebook14 botão rss botao_orkut34

10 opiniões :

Anônimo disse...

Que orgulho,é tao bom ver esses depoimentos.. Tem hrs q qro desistir dai,aparece essas historias lindas de superação.Da uma injeção de animo... Parabéns... Mto obg pelos conselhos...

Anônimo disse...

Desejo toda a sorte do mundo para esse rapaz...e sei que ele ainda vai longe!!!!

Nando disse...

Sem cotas, diga-se de passagem!

Anônimo disse...

Muita luz na sua vida Dionisio, saúde para ti, vc merece muito. Obrigada por compartilhar a sua história!

Simone Andreia disse...

Que linda a sua história que Deus vos acompanhe nesta caminhada profissional....

Anônimo disse...

Parabéns cara, tudo de bom!!
Prova que quem quer consegue, independente de cota ou não, pois todos somos capazes. Basta perseverar.

Anônimo disse...

Quem quer dá um jeito, quem não quer, dá uma desculpa.

Anônimo disse...

ta vendo...sem cotas.

Unknown disse...

Só um adendo, existem outras formas de conseguir estabilidade financeira e ainda se REALIZAR na vida.

Thiago Couto disse...

Passou pq é extremamente capaz, mais capaz, inclusive, do que muitos brancos anti-cotas.

Aqui no Brasil é assim, para um negro conseguir algo, precisa ser 2 ou 3 vezes melhor. Precisa se esforçar em dobro para conseguir algo que um branco poderia conseguir com pouco ou, até, nenhum esforço

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

==> NÃO DEIXE DE CONFERIR TAMBÉM:

.com
 
Paperblog diHITT - Notícias

©2011 GABARITO FINAL!!! |Todos os direitos reservados! ---- Visite: GRUPO CONCURSEIROS